Assalamu alaikum!

No dia 10/02/19, Jovens da Paróquia São Tiago Maior e de Senhor da Paz visitaram a
mesquita de Salvador. Encontro de diálogo inter-religioso e de aprendizagem. Muitos
tinham ouvido falar de muçulmanos pelas mídias ou pelos amigos que já tiveram
contatos direito com eles. Tudo que a maioria sabia da religião Islâmica é que é, uma
religião que mata, uma religião que discrimina a mulher, uma religião que permite
poligamia e enfim, uma religião sem tolerância.
Os jovens saíram deste encontro entusiasmado por que a visão deles dos irmãos
muçulmanos mudou. Muitos antes de ir estavam com medo de ser sequestrados e outros
de ser obrigados a se converter muçulmanos. O Sheirk Ahmed Abdul, o líder da
comunidade islâmica em Salvador explicou que a palavra Islã vem do árabe Salaam
(shalom) que se traduz como “paz”, submissão à vontade de Deus. As três religiões
(Islão, Catolicismo e Judaísmo) partilham o mesmo pai na fé: Abraão. As três religiões
são monoteístas e professam que Deus é Único e não há nenhuma outra divindade
merecedora de adoração. A diferença das religiões está nas praticas. Por exemplo, Islão
permite poligamia, enquanto Catolicismo encoraja monogamia. Islã não aceita que Jesus
Cristo é Deus. Para o muçulmano Deus somente é um, portanto não aceitam, nem
aceitarão a Santíssima Trindade, à que consideram como uma blasfêmia contra Allah, o
Único. Só aceitam a Jesus como um profeta anterior a Muhammad.
Em relação à ideologia que Islã é uma religião de guerra, o Sheirk lembrou aos jovens
que como em todas as religiões, o Islã tem seus extremistas, que, em suas tentativas de
atingir a perfeição religiosa, causam danos à comunidade e pregam ações violentas e
odiosas.
Aprendemos que o muçulmano tem cinco direitos sobre seu companheiro muçulmano.
Um desses direitos é a saudação: Assalamu alaikum (que Deus lhe conceda proteção e
segurança).  A resposta a isso é Wa Alaikum Assalam. Essas breves palavras árabes
permitem que os muçulmanos saibam que estão entre amigos, não estranhos. Segundo o
Sheirk, o Islã requer apenas uma declaração de fé simples e sincera para se tornar um
muçulmano: Ash hadu alla ilaha illa Allah,
wa ash hadu anna Mohammadan
abduhu wa rasuluhu.
Que Nabî Muhammad nos una como filhos e filhas do mesmo criador:
Allah! Deus! Dieu! God! Theos!

Hado Mathieu

150 Anos - 1868-2018
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *